ensino fundamental

viagens pedagógicas


A pedagogia Waldorf é multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar. O professor de classe estabelece relações múltiplas com as diferentes matérias, nos diferentes momentos, verticalizando e aprofundando o ensinar, que toma a forma de uma espiral: em determinado nível da matéria, resgata-se o que foi dado anteriormente e faz-se o tema ascender a outro nível.

Nesse contexto, as viagens pedagógicas são de extrema importância. Elas têm o objetivo de ajudar a classe a aprofundar os conteúdos ministrados em aula. Os alunos vivenciam e multiplicam fora dos muros da escola o que aprenderam em determinado ano letivo.

As viagens servem também para tornar o contéudo vivo. Ao olhar o mundo, identificá-lo e fazer relações com o seu momento presente, a criança e o jovem desenvolvem o respeito, a admiração e a reverência diante da natureza e dos feitos do homem. Dependendo da localização da escola, as viagens tornam-se necessárias ou não. Por exemplo, uma escola rural pode estudar botânica e astronomia nos seus arredores. 

As escolas desenvolvem então seus currículos sabendo que os conteúdos serão contemplandos com observações de campo, de acordo com os grandes temas de cada ano.

"Conhecendo o mundo, o ser humano encontra a si próprio. E conhecendo a si próprio, o mundo se lhe revela. (R.Steiner)"